6 de mai de 2012

POESIA...


CONFLITOS

De onde vim?
Quem sou?
Para onde vou?
Vim do infinito, do Criador...do amor maior...
Sou homem, um ser pensante, um ser errante...
Vou para onde a vida me levar...
Passo pela vida, ela por mim...sem ter onde pensar...
Sou homem, amo as mulheres...e os homens também...
De mim saíram frutos de amor maior...
De quem não soube perdoar e nem aceitar...
Meu jeito de ser e de amar...
O mundo me julga, me condena...
Há juízes de todos os lados...
Com martelos prontos...
Para o veredito final!
O que sabem de mim, além do que eles vêm?
Não sabem o que sinto quando te amo...
Nem a minha dor quando te abandono...
Em busca de alguém tão igual a mim!
E agora?!Devo fugir?
Devo enfrentar?
Ou ser outro que não sou, só pra me safar?
Ah! como eu queria só te amar Berenice...
E não ter que lutar comigo mesmo!
Eu suporto tudo: dedos apontados em minha direção...
As vozes sussurradas com malícia quando passo...
A perda de estima dos meus parentes mais queridos!
Só não suporto ver você indo embora por causa dos meus conflitos!
Você sempre diz que me amará nesta, e em outra vida...
E que ter o meu amor é como colher uma flor,
Que logo vai morrer.
E que então vai apenas me olhar e me amar!
Estarei sempre aqui com meus conflitos...
Querendo ver teus olhos e neles me mirar...
E quem sabe um dia, me encontrar...

Berenice  

Nenhum comentário:

Minha lista de blogs

Ocorreu um erro neste gadget